Evento debate o trabalho do futuro e as evoluções no mundo do trabalho

Por Mauro Menezes & Advogados - Assessoria de Imprensa ∙ 22 de novembro de 2019

Os advogados Gustavo Ramos, Marcelise Azevedo, Érica Coutinho, Paulo Lemgruber, Milena Pinheiro e Hugo Fonseca, de Mauro Menezes & Advogados, participaram, nos dias 21 e 22 de novembro, do IV Seminário Internacional do Instituto Lavoro – Mais vale o que será: o futuro do trabalho e o trabalho do futuro, em São Paulo-SP.
Durante os dois dias de evento, foi discutida a realidade do mundo do trabalho a partir do comparativo entre a regulamentação trabalhista na Itália, França, Brasil, Espanha e Estados Unidos e do sistema normativo trabalhista internacional. Além disso, os expositores e as expositoras buscaram compreender, além da crise do trabalho global, quais formas de solidariedade ainda são possíveis no contexto atual e que tipo de soluções coletivas para problemas estruturais podem ser gestadas.
Para a advogada Marcelise Azevedo, Coordenadora da Unidade Brasília do escritório Mauro Menezes & Advogados, é necessário debater também sobre mulheres e o mercado de trabalho. “É preciso perder o medo das chamadas pautas identitárias. Isso não desune, cria empatia e faz com que as pessoas entendam outras realidades”, observou.
“Estamos vivendo um momento complexo em relação ao Direito do Trabalho. A precarização do trabalho atinge de forma mais cruel as mulheres negras, que avançam na escolaridade mas não avançam no mercado de trabalho. Essa realidade está baseada no racismo estrutural que perpassa a nossa sociedade. Não se trata de uma visão individual de algumas pessoas em relação às outras. São práticas institucionais, que têm sistematicamente colocado as mulheres negras em posição de desvantagem no mercado de trabalho”, concluiu.